09/02/2005

Pensei que hoje o sol me cegaria, pela manhã à hora certa
Pensei que me iria poupar a esses teus olhos mel de quem não sabe bem onde os pousar

Tranquei os óculos de sol em casa, amarrei o cabelo bem seguro
Lavei a cara com agua bem fria, para os meus olhos se abrirem ao sol

Fiz todo o caminho a olhar para o céu
Como quem procura estrelas na claridade do dia

O azul invadia-me tanto a visão, que eu cheguei a achar que havia luz na escuridão.

Mas a cegueira não veio,
A força de vontade de te virar a cara também não,
A minha mão não se ergueu com toda a força contra a tua cara,
Não houve berros nem discussão,
Não houve senão mais do que dois minutos eternos
Em que o mel se misturou com o escuro da terra
E um ser se afastou como se nunca se tivesse aproximado.

E lá vais tu, feito menino perdido, com as mãos nos bolsos e a testa franzida,
Fazes de conta que te afastas
Faço de conta que não te sigo



E quando, se um dia tiveres coragem, olhares para tras e não me vires
É porque o sol teve a bondade de me cegar...

Não sei olhar sem ser para ti,
Não sei ver senão essa marca escura que limita, e distingue, o teu corpo de todo o resto.

15 comentários:

  1. "Não sei olhar sem ser para ti", isto aprende-se, ou o sol acaba mesmo por nos cegar, um dia! A frase que te deixei no post anteior, serve muito bem para este também. ;)

    ResponderEliminar
  2. bonito...
    apetece.me fazer copy/paste e assinar com o meu nome
    tá realmente qualquer coisa de fenomenal!
    um beijo...talvez dois...

    ResponderEliminar
  3. Sem palavras, soberba a combinação entre o texto e a foto, muito bonito, muito sentido.
    ...e ando para aqui ás voltas a ver se consigo escrever algo mais, mas estou realmente sem palavras...

    ResponderEliminar
  4. Caramba, que voo... fiz nas tuas asas...

    ResponderEliminar
  5. Bem, uma das melhores coisas que já li! Que poder...que bonito!

    Beijinho,

    CAcau

    ResponderEliminar
  6. Meu deus!! Sem palavras... realmente ta simplesmente belo...
    bjs

    ResponderEliminar
  7. vi este blog nascer....sabes disso. a gaivota que foi sereia agora dá por ela aqui, a ouvir la de longe uma gaivotinha que tem dado asas cada vez com mais força.

    parabéns. dizes coisas bonitas com palavras bonitas, sem arranhões, como aqueles gelados de morango bem cremosos e muito docinhos.
    é bom ver-te voar, mesmo nao sabendo quem és.
    mesmo que não comente, estou atenta...com um blog bem menos mediático, que também espera suspiros teus.

    *Mó

    ResponderEliminar
  8. Tens um olhar lindo e um coração mt doce. Não os deixes cegar e amargar com algo mt forte, mas que talvez não merece a pena... será?
    Obrigada por me disponibilizares as tuas horas. Estou sensibilizada com a tua oferta. Creio que não serão necessárias. Se puderes, torna-as úteis com qualquer coisa que te encha, que te dê prazer ou auto-satisfação. Não percas tempo. Aproveita-o ao máximo.
    BJ
    SK

    ResponderEliminar
  9. Que post bonito.. O amor é mesmo cegante. :) Gostei! ***

    ResponderEliminar
  10. se há momentos em que a vida sorri, este acaba de ser um deles. fascina-me o que está para lá das cortinas e não vale a pena discutir as palavras, porque elas são verdades sentidas. e a foto é simplesmente espectacular! apaixonante mesmo. e só para te ler não posso cegar. só aqui descubro lágrimas que sabem dançar. beijo "de quem voa"

    ResponderEliminar
  11. Boas Tardes, miga tenho andado um pouko ausente, de comentar claro, pois o blog visito varias vezes... Voltando ao artigo... O amor realmente nos cega e qd conseguimos "curar" essa cegueira é pq somos correspondidos e ai vemos o sol e a lua de maos dadas abençoando o nosso amor... Gosto muito dos teus textos, escreves com coração... jokinhas e um pequeno aparte ... Obrigado pelo apoio que me tens dado... :) Ass. Um Sonhador

    ResponderEliminar
  12. Boas Tardes, miga tenho andado um pouko ausente, de comentar claro, pois o blog visito varias vezes... Voltando ao artigo... O amor realmente nos cega e qd conseguimos "curar" essa cegueira é pq somos correspondidos e ai vemos o sol e a lua de maos dadas abençoando o nosso amor... Gosto muito dos teus textos, escreves com coração... jokinhas e um pequeno aparte ... Obrigado pelo apoio que me tens dado... :) Ass. Um Sonhador

    ResponderEliminar
  13. Boas Tardes, miga tenho andado um pouko ausente, de comentar claro, pois o blog visito varias vezes... Voltando ao artigo... O amor realmente nos cega e qd conseguimos "curar" essa cegueira é pq somos correspondidos e ai vemos o sol e a lua de maos dadas abençoando o nosso amor... Gosto muito dos teus textos, escreves com coração... jokinhas e um pequeno aparte ... Obrigado pelo apoio que me tens dado... :) Ass. Um Sonhador

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails